A crise dos vinte anos.

Nem bem tenho vinte anos mas essa madrugada me fez pensar em muitas coisas.
Já ouvi falar desse bordão ao qual é título da postagem, mas não sei se é uma coisa universal ou essa crise vai de cada um. Falta menos de uma semana e eu pensei: “Caralho, eu vou fazer vinte anos!”
Pensamentos a parte e me vi numa situação embaraçosa. Fiquei pensando que dos 20 para os 30 vai ser um pulo, tipo quando eu piscar já estarei cantando parabéns dos 31. Isso porque eu me lembro de todos os meus aniversários desde os 4 anos de idade, e pensar que foi à 16 anos atrás, a idéia de que os próximos 16 está a exatamente no mesmo período me faz ficar pensativa.

Nunca ouvi ninguém falar sobre isso, já li bastante, mas nunca ouvi. Faculdade pra mim é consequência de uma vontade, aliáis, tudo é consequentcia de uma vontade. Mas como todo mundo sabe, vontade é uma coisa que dá e passa, então a minha vontade foi-se. Talvez isso seja banalização de mais o que eu estou “dizendo”, mas é o que aconteceu, os conhecimentos que eu precisava na faculdade eu já peguei. Agora estou em outra fase, na fase de aperfeiçoar tudo isso, não só das matérias em si, mas das coisas que eu aprendi como pessoa, mas às vezes fica difícil e a gente acaba tendo que fazer uma escolha. Eu vi uma comunidade muito interessante chamada “A cada escolha, uma renúncia” e acho uma das frases mais verdadeira. Você não pode ter tudo, pelo menos não ao mesmo tempo, então ou você escolhe ter ou escolhe não ter. Um step de cada vez.
Mas isso aqui está mais parecendo um melodrama do que um post sério,rs.

Talvez essas dúvidas faça parte dessa “crise” ou seja meramente uma dúvida juvenil.

E você(apenas para quem tem mais de 20 anos), já passou por algo parecido?

Não esqueça de votar na enquete 🙂

Anúncios